top of page

Xuxa perde processo e terá de indenizar deputada Carla Zambelli



A apresentadora Xuxa Meneghel perdeu uma ação movida contra a deputada federal Carla Zambelli. A disputa teve origem nas críticas feitas por Zambelli ao livro “Maya: Bebê Arco-Íris”, escrito por Xuxa e que aborda questões relacionadas à comunidade LGBTQIA+.


No processo iniciado em 2020, Xuxa buscava uma indenização de R$ 150 mil por danos morais, argumentando que as declarações de Zambelli eram prejudiciais à sua imagem.


Por outro lado, Zambelli afirmou que a decisão judicial representa uma vitória para a liberdade de expressão e o direito à opinião divergente em uma sociedade democrática.


Este não é o primeiro embate judicial relacionado ao livro de Xuxa. Em fevereiro, a apresentadora também perdeu uma ação semelhante contra a deputada estadual Rosane Félix, resultando em outra condenação por honorários advocatícios.


Félix havia expressado preocupações sobre o conteúdo do livro, levantando questões sobre seu impacto na inocência das crianças.


Confira na íntegra a nota da deputada Carla Zambelli:


A deputada federal Carla Zambelli comemora a decisão judicial favorável após embate envolvendo a apresentadora Xuxa Meneghel.

Para a parlamentar, a decisão do judiciário representa não apenas um triunfo pessoal, mas também uma vitória para a liberdade de expressão e o direito à opinião divergente, valores fundamentais em uma democracia sólida e plural:


“Ao longo dos anos, a carreira de Xuxa tem sido marcada por episódios que revelam um padrão de censura e intimidação.

Desde processos judiciais até tentativas de proibir a menção de seu nome e utilizado seu poder e influência para tentar suprimir informações.


A estratégia de intimidação adotada por Xuxa tem como alvo tanto colegas de trabalho quanto pessoas comuns que expressam suas opiniões ou compartilham relatos de experiências pessoais.


Ao invés de enfrentar críticas e questionamentos de maneira aberta e honesta, Xuxa opta pelo caminho da repressão. Em diversas ocasiões, ela buscou suprimir vozes dissidentes, porém, desta vez, não obteve êxito.

Minha vitória na justiça representa não apenas um triunfo pessoal, mas também um avanço na defesa dos princípios democráticos que regem nossa sociedade”, destaca Carla Zambelli. 


Fonte/:O Poti

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page