top of page

Trump se entrega à Justiça para ser fichado por acusação de fraude eleitoral


O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump se entregou à polícia do condado de Fulton, na Geórgia, por volta das 20h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira (24), no processo que apura supostas fraudes eleitorais do republicano na eleição de 2020.


De acordo com autoridades locais, Trump vai tirar uma foto conhecida nos EUA como “mugshot”, que mostra o rosto de uma pessoa após ser presa. Ele também terá as impressões digitais coletadas na prisão.


Trump é acusado de violar a lei de extorsão e também responde por subversão eleitoral no estado, tentando reverter a derrota para Joe Biden na eleição de 2020.


Ele recebeu 13 acusações na semana passada encabeçadas pela promotora Fani Willis, que encabeça as investigações do caso. Além dele, outras 18 pessoas também foram acusadas formalmente no caso eleitoral na Geórgia.


Na segunda-feira (21), Trump concordou em pagar fiança de US$ 200 mil para responder ao processo em liberdade. O valor equivale a aproximadamente R$ 1 milhão.

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page