top of page

Senado aprova sessão de debates e adia votação de PEC que limita participação de militares em eleições

Em votação simbólica, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira dois requerimentos para a promoção de sessões de debates temáticos sobre a proposta de emenda à Constituição (PEC) que proíbe militares da ativa de participarem de eleições.


A data será agendada pelo Senado. O texto poderia ser votado já a partir de quinta-feira.

Um dos requerimentos foi apresentado pelo líder do governo e autor da PEC, senador Jaques Wagner (PT-BA). O outro pedidoé de autoria do senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS). Com a aprovação dos requerimentos, foi adiada a terceira sessão de discussão da PEC, prevista para a sessão desta terça.


Jaques Wagner, ao solicitar a votação dos requerimentos, chamou a atenção para as posições distintas dos requerimentos — uma a favor da PEC, outra contrária — e para as variadas sugestões de convites para o debate.


— Inclusive o próprio ministro da Defesa (José Mucio) se dispõe a vir à Casa para colocar a posição dele — pontuou.


O Globo

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page