top of page

Seis em cada 10 brasileiros se acham atraentes, diz pesquisa Datafolha

Seis em cada dez brasileiros afirmam que se consideram atraentes.


É o que aponta a pesquisa Datafolha sobre os efeitos do racismo nos relacionamentos amorosos e nas amizades. Outros 33% dos entrevistados afirmaram que não se consideram atraentes, e 5% das pessoas disseram não saber.


Quando analisada apenas a cor da pele, os índices variam pouco: 64% dos entrevistados autodeclarados pretos disseram que são atraentes. Entre os brancos, foram também 64%, e entre os pardos, 62%.


As diferenças mais acentuadas surgem quando é feito o recorte por gênero. Os homens pretos são o destaque e apresentam o maior percentual: 72% deles dizem se sentir atraentes, enquanto 25% não se consideram. Homens brancos (65%) e pardos (64%) aparecem na sequência de aprovação da própria imagem.


As mulheres brancas registram 63% com respostas afirmativas sobre se sentirem atraentes. Entre as autodeclaradas pardas, o índice cai para 60%, e entre as mulheres pretas, 58%.

Nesses estratos, a margem de erro varia de 4 a 8 pontos percentuais para mais ou para menos.


A pesquisa Datafolha é inédita e faz parte da série Afeto em Preto e Branco. Foram entrevistadas presencialmente 2.005 pessoas, com 16 anos ou mais, em 111 municípios de todas as regiões do país. O levantamento foi realizado de 9 a 17 de outubro de 2023 e tem margem de erro geral de dois pontos percentuais para mais ou para menos.


O levantamento já apresentou dados sobre relacionamentos inter-raciais e sobre a influência da cor de pele nas relações.



Folhapress

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page