top of page

Quem ganhou moral e quem perdeu espaço com Mano Menezes no Corinthians

Técnico tem três jogos no comando do Timão e começa a mostrar suas preferências



O Corinthians está mudando de cara desde a última troca de treinador, e Mano Menezes estabeleceu algumas novas prioridades na escolha de jogadores. Nos três jogos sob a nova direção, alguns passaram a ter mais espaço, e outros perderam terreno.


O treinador já avisou publicamente que o tempo em campo para cada jogador vai depender do desempenho nos treinos, não das atuações que vinham tendo anteriormente, ainda com Vanderlei Luxemburgo.


– Vamos respeitar o rendimento a partir da minha chegada, porque (antes disso) eu não sei o que era pedido para a equipe. Eram conceitos diferentes, metodologias diferente, então a partir da minha chega é que vou levar em conta – avisou Mano Menezes na semana passada.


A amostra do Corinthians de Mano Menezes ainda é pequena, afinal o time fez apenas três jogos com o técnico: sofreu duas derrotas, para São Paulo e Fortaleza, e empatou contra o Flamengo antes desta Data Fifa. Só três jogadores atuaram em todos os minutos desses jogos: Cássio, Gil e Maycon.


Quem ganhou espaço com Mano

Ángel Romero talvez seja o maior beneficiado pela chegada do novo treinador. Em 15 dias com Mano ele já teve o mesmo número de jogos como titular que havia tido em quase cinco meses de Luxemburgo: dois. No terceiro e mais recente, saiu do banco contra o Flamengo. No treino de quinta-feira, aberto à imprensa, foi titular na escalação esboçada no CT.


Outros atacantes também têm tido mais espaço: Felipe Augusto estava há oito partidas sem jogar antes de ser titular na estreia de Mano, também entrou bem contra o Flamengo e foi elogiado. Já Gustavo Mosquito teve a primeira aparição como titular em 2023 com o novo técnico, após oito jogos saindo do banco.


Cantillo, Matheus Araújo e Rafael Ramos estavam esquecidos com Luxa, mas agora ganham uma nova chance. O volante já tem mais minutos com Mano do que teve com o antecessor, enquanto o lateral e o meia chegaram a treinar com a formação titular nesta semana. É improvável que o trio corte a fila e vire prioridade, mas ao menos voltam a ser considerados como opção.


Quem perdeu espaço com Mano

A matemática é simples: para alguém subir na prateleira do elenco, outro jogador precisa descer. São os casos de Pedro e Wesley no ataque. O primeiro ainda não foi titular com Mano, apesar de ter começado jogando três vezes seguidas na reta final com Luxa; e o segundo virou o espelho de Romero, pois um sempre foi trocado pelo outro nos últimos três jogos.

No meio-campo, Fausto Vera tenta retomar espaço e ganha atenção especial de Mano Menezes. Ele era titular absoluto no começo do trabalho de Luxemburgo, mas amarga sete jogos seguidos no banco de reservas. Ruan Oliveira vive condição parecida e não joga há seis partidas.


O elenco alvinegro treinou em dois horários no último sábado e ganhou folga neste domingo. Restam três dias de preparação até o jogo de quinta-feira contra o Fluminense, no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileirão.





Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page