top of page

Quatro policiais penais são afastados do Complexo de Alcaçuz após fuga de presos

Quatro policiais penais foram afastados das funções após a fuga de dois presos da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, no Complexo de Alcaçuz. A Informação foi divulgada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) nesta quinta-feira (2). As informações são do g1 RN.


Gustavo da Rocha Dias, 30 anos e Ricardo Campelo da Silva, 43 anos, fugiram na última terça-feira (30). O secretário Helton Edi Xavier disse nesta quinta-feira (2) que a pasta já instaurou uma sindicância para apurar possíveis erros de operação na vistoria dos presos. O titular da pasta afirmou que os presos trabalhavam numa oficina de manutenção e saíram andando pela unidade sem grandes dificuldades até chegar a pista. “Preso não pode sair sozinho”, disse.


A pasta disse ainda que antes da fuga já havia identificado a entrada de celulares na unidade, mesmo com aparelhos body scans funcionando. Foram pelo menos três aparelhos apreendidos.


Segundo a Seap, os dois fugitivos foram vistos nesta quarta (1º) em uma casa de praia em Cotovelo, em Parnamirim, na Grande Natal. O governo do Rio Grande do Norte está oferecendo uma recompensa de até R$ 10 mil por informações que levem à prisão dos dois fugitivos.


Imagens de uma câmera de segurança instalada em uma casa mostram os dois detentos do Complexo Penitenciário de Alcaçuz fugindo de bicicleta. As imagens foram gravadas por volta de 12h20, em uma casa que fica nas imediações do presídio.

Os presos estavam trabalhando quando escaparam do local. 


A informação foi confirmada pelo secretário Estadual de Segurança, Coronel Araújo, em entrevista ao Repórter 98.


Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page