top of page

Pela primeira vez desde 2020, RN não tem mais internados com Covid



Um homem de 73 anos, cardiopata e com esquema vacinal incompleto foi o último potiguar internado em decorrência da Covid-19 a receber alta. Ele estava em leito no hospital Giselda Trigueiro e recebeu alta na noite da terça-feira (15). É a primeira vez, desde 2020, que não há nenhum internado na rede pública de Saúde do Estado em decorrência da Covid-19.


O fato foi comemorado pelo diretor do Hospital Giselda Trigueiro, André Prudente. O infectologista explicou que, com a diminuição dos casos com o passar do tempo, a unidade de saúde centralizou os atendimentos e internações. O hospital foi o primeiro a receber os casos de Covid e, desde então, nunca teve um dia sem internados.


“É uma alegria imensa chegarmos a essa situação de hoje, com tudo o que a gente passou. Uma sobrecarga de trabalho imensa, estresse psicológico de ver pessoas morrendo, comércio fechado, a cidade vazia, as ruas vazias, e tudo centrado no profissional de saúde. Uma pressão imensa, principalmente por questões políticas. Para a gente, é uma alegria muito grande hoje, pela primeira vez, não termos um caso de internado no hospital”, disse André Prudente.


O Giselda Trigueiro chegou a funcionar com 35 leitos críticos exclusivos para o atendimento a pacientes com Covid, além de outros 15 leitos clínicos. Apesar de não haver mais pacientes internados com a doença, o diretor da unidade pede que a população mantenha a atenção com relação à vacinação.

“A maioria das pessoas que se internaram (após o início da vacinação) não se vacinaram ou não tinham esquema vacinal completo, além de serem pessoas com comorbidades, quando a doença tende a ser um pouco mais greve. É importante que a população não abaixe a guarda”, explicou André Prudente.

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page