top of page

Pai mata a própria filha esganada e queima corpo para tentar atingir a ex

Um pai foi preso em flagrante nessa terça-feira (26) em São Paulo, acusado de esganar, queimar e ocultar o corpo de sua filha, Rayssa Santos da Silva Rosas, de 18 anos.


As autoridades afirmam que Wellington da Silva Rosas, de 39 anos, confessou o crime, alegando uma discussão motivada pela separação dos pais da vítima.


Relatos do acusado: Segundo relatos da polícia, Wellington estrangulou Rayssa em seu apartamento durante a noite de domingo (24) e, após dormir ao lado do corpo, transportou-o em uma caixa de papelão até uma vala próxima à Avenida 23 de Maio, onde o queimou.


Ele admitiu ter contratado um andarilho para executar o ato, pagando R$ 10 pelo serviço.

O desaparecimento: A mãe de Rayssa, preocupada com o desaparecimento da filha, registrou um boletim de ocorrência na delegacia. Na manhã seguinte, testemunhas encontraram um corpo carbonizado na região da República, levando à descoberta do crime.


Após a confirmação da identidade da vítima, Wellington foi preso e indiciado por homicídio triplamente qualificado e feminicídio.


Com informações g1

댓글


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page