top of page

Neymar desabafa sobre ‘inferno’ vivido no PSG com Messi e deixa torcedor do Santos animado; entenda


Neymar decidiu falar. Em entrevista gravada para o programa Esporte Espetacular, da TV Globo, o astro brasileiro não se escondeu dos mais diversos assuntos que o cercam nos últimos meses. Na conversa, realizada antes de sua ida para o Al-Hilal, da Arábia Saudita, há duas semanas, o jogador avaliou seu período no PSG com Messi, comentou sobre o futuro da seleção brasileira e garantiu que voltará a atuar com a camisa do Santos um dia. Ele tem 31 anos e assinou por duas temporadas com o time saudita.


Depois de uma vitoriosa passagem pelo Barcelona, quando formou um trio impactante no futebol mundial ao lado de Messi e Suárez, Neymar conseguiu reeditar a dupla com o astro argentino no PSG. A chegada do camisa 10 da Argentina em Paris foi cercada de expectativa e, após duas temporadas, a realidade foi longe do esperado. Apesar de Messi ter conquistado a Copa do Mundo com seu país em 2022, no Catar, a relação com o clube e, principalmente, sua torcida não foi boa. Ao avaliar sua parceria com o argentino na capital francesa, Neymar não escondeu que foi ruim.


“Eu fiquei muito feliz pelo ano que ele fez, mas, ao mesmo tempo, muito triste, porque ele viveu os dois lados da moeda, foi ao céu com a seleção da Argentina, ganhou tudo nos últimos anos, e com o PSG viveu um inferno, nós vivemos um inferno, tanto ele quanto eu. A gente fica chateado, porque não estamos ali à toa, mas para dar o nosso melhor, ser campeão, tentar fazer história, por isso a gente voltou a jogar junto, a gente se uniu ali para que pudesse fazer história. Infelizmente, não conseguimos”, disse o brasileiro.


Neymar também não tinha mais o carinho do torcedor francês. E tentou sair de todas as formas do clube. Sua renovação de contrato até 2027 foi uma manobra contratual, mais ligado à multa do que a sua permanência.

Komentarze


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page