top of page

Morre Joana ‘Peixinha’, atleta potiguar paralímíca que fez história na natação mundial

A atleta paralímpica potiguar Joana Neves faleceu na madrugada desta segunda-feira (18), aos 37 anos de idade.


A equipe da nadadora, conhecida como “Peixinha”, confirmou a morte por meio das suas redes sociais, sem revelar a causa do óbito. Neves ficou conhecida por ter marcado a história da natação mundial, colecionando muitas medalhas em grandes competições ao redor de todo o mundo. 


“É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento da renomada atleta paralímpica Joana Neves, ocorrido durante a madrugada de hoje. Joana era uma inspiração para todos nós, não apenas pelo seu talento esportivo, mas também pela sua determinação, coragem e espírito resiliente”, disparou o time da atleta por meio de um post feito no seu perfil oficial do Instagram.


Equipe lamenta falecimento

“Joana deixou um legado marcante no mundo do esporte paralímpico, conquistando inúmeras medalhas e admiradores ao redor do mundo. Sua dedicação e paixão pelo esporte serviram de exemplo para muitos, e seu impacto será lembrado e celebrado por gerações.”


“Neste momento de luto e dor, expressamos nossas mais sinceras condolências à família, amigos e colegas de equipe de Joana Neves. Que encontrem conforto e forças para superar essa perda irreparável. Informaremos em breve o local e horário em que o corpo de Joana será velado, para que todos os que desejarem prestar suas últimas homenagens possam fazê-lo”, acrescentou.


E concluiu: “Que a memória de Joana Neves permaneça viva em nossos corações, inspirando-nos a perseguir nossos sonhos com a mesma determinação e paixão que ela demonstrou ao longo de sua vida. Descanse em paz, querida Joana. Seu espírito valente e sua luz continuarão a brilhar em nossas lembranças para sempre”.

Commentaires


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page