top of page

Luan rescinde com o Corinthians



Não bastaram a surra de membros das organizadas corintianas e o constrangimento que Luan sofreu na madrugada do dia 4 deste mês, no motel Caribe, na Barra Funda, em São Paulo.


As ameaças de "torcedores" continuaram para que ele rescindisse seu contrato com o Corinthians. Contratado em 2019 por R$ 29 milhões e recebendo desde janeiro de 2020 cerca de R$ 800 mil mensais, o meia-atacante teve péssimo desempenho no Parque São Jorge. Em 78 partidas, marcou apenas nove gols.


Displicente, acomodado, sem vibração. Essas foram as análises dos treinadores que passaram pelo Corinthians nos últimos três anos e meio. Por isso, Luan acabou emprestado ao Santos, onde também fracassou. Ele resistiu por anos à pedida do clube para a rescisão.


Mas, infelizmente, a violência conseguiu convencer o jogador a não esperar dezembro, treinando sozinho, e receber R$ 800 mil a cada mês, como faz desde janeiro de 2020.

A rescisão foi acertada no domingo. E ele deve ir para o Grêmio, por um contrato muito menor. No Parque São Jorge há quem garanta ser de R$ 200 mil.


A direção gremista, que havia anunciado desistir da contratação na semana passada, voltou atrás. Por saber que o atleta aceitou um contrato de risco até dezembro, ganhando "pouco". Se render, em janeiro, fará novo contrato, recebendo mais.





Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page