top of page

Investigação da PF conclui que Cariani sabia de desvios para produção de drogas

Polícia Federal deflagrou a operação Oscar Hinsberg, que tem o influenciador fitness como um dos alvos.


O influenciador fitnesse Renato Cariani foi alvo de mandado de busca e apreensão de uma operação da polícia federal nesta terça-feira (12/12), após uma da empresas a qual é sócio, a Anidrol, ser acusada de desviar toneladas de produtos químicos para a produção de drogas, como crack. Segundo a investigação, o empresário teria o conhecimento de que produtos da empresa eram desviados para atos ilícios. 

 

Além de Cariani, Fabío Spínola Mota, suspeito de intermediar a indústria química e os grupos criminosos e que já havia sido preso por estar envolvido neste tipo de crime, também foi alvo de mandado de busca e apreensão. Os investigadores encontraram cerca de R$ 100 mil na casa do suspeito. 

 

A polícia, com apoio do Ministério Público, pediu a prisão de Renato Cariani e dois outros suspeitos envolvidos na investigação. A Justiça, no entanto, negou o pedido. 

 

O que diz Renato Cariani 

 

Por meio de suas redes sociais, o influenciador negou qualquer irregularidade em sua empresa e diz que também não teve acesso ao processo. 

 

"Eu sofri busca e apreensão porque eu sou um dos sócios, então, todos os sócios sofreram busca e e apreensão. Essa empresa, uma das empresas que eu sou sócio, está sofrendo a investigação, ela foi fundada em 1981. Então, tem mais de 40 anos de história. É uma empresa linda, onde a minha sócia, com 71 anos de idade, é a grande administradora, a grande gestora da empresa, é quem conduz a empresa, uma empresa com sede própria, que tem todas as licenças tem todas as certificações nacionais e internacionais. Uma empresa que trabalha toda regulada. Então, para mim, para a minha sócia, para todas as pessoas, foi uma surpresa", disse. 



留言


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page