top of page

Furto de cabos elétricos chega a quase 5 toneladas na região de Macau e Guamaré

Quase 5 toneladas de cabos elétricos foram furtados na região de Guamaré e Macau, na região da Costa Branca do Rio Grande do Norte, no últimos meses.


Além do roubo, os criminosos quebraram 26 postes de alta tensão na mesma área. O levantamento foi divulgado na tarde desta quinta-feira (7) pela Neoenergia Cosern.


Esses crimes afetaram cerca de 43 mil pessoas nas duas cidades, além dos moradores das zonas rurais, prejudicando o funcionamento de postos de saúde, delegacias, escolas, repartições públicas, comércio, salineiras e empresas de geração de energia eólica.


Uma operação intensiva foi realizada pela Neoenergia Cosern para restaurar a rede elétrica afetada por furtos de cabos e danos a postes em várias regiões. A distribuidora mobilizou 50 profissionais, incluindo engenheiros, técnicos, eletricistas e analistas, e 12 veículos para a operação, que enfrentou desafios adicionais devido às recentes chuvas, resultando em aproximadamente 250 horas de trabalho contínuo.


O superintendente Técnico da Neoenergia Cosern, Osvaldo Tavares, destacou o empenho das equipes em superar os obstáculos naturais para restabelecer o serviço: “Nossos profissionais trabalharam incansavelmente, enfrentando áreas alagadas para religar a energia e normalizar a situação o mais rápido possível. Boletins de Ocorrência foram registrados para todos os furtos, e a Sesed foi devidamente informada.”


Dados da Operação:

  • 4.910 kg de cabos de alta tensão furtados.

  • 26 postes danificados.

  • 43 mil pessoas afetadas.

  • 50 profissionais envolvidos.

  • 12 veículos utilizados.


As ações criminosas se estenderam por áreas distantes até 230 quilômetros uma das outras, afetando localidades como a zona rural de Touros e a praia de Ponta do Mel em Areia Branca, além da linha de transmissão entre Macau e Guamaré, impactando moradores e uma empresa de energia eólica.


A Neoenergia Cosern enfatiza a importância de denunciar essas atividades ilegais de forma anônima através do telefone 190 da Polícia Militar ou pelo 116 da distribuidora. Recomenda-se à população que mantenha distância de redes elétricas danificadas para evitar acidentes.

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page