top of page

De cabeça raspada, jovem celebra nota no SISU e descobre engano.

O Ministério da Educação (MEC) recentemente admitiu que divulgou de forma equivocada os resultados do Sistema de Seleção Unificada (SISU) de 2024 no dia 30. A lista com o resultado definitivo foi publicada somente no dia 31.


Mas jovens que em um primeiro momento constavam como "aprovados" e depois descobriram que não entraram ficaram indignados com a situação.  


Dentre os alunos que tiveram a expectativa frustrada foi o estudante Tiago Melo, 18, do Rio Grande do Norte. Ele já havia raspado a cabeça, acreditando ter sido aprovado para Tecnologia da Informação, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).


“Eu e minha família fizemos aquela festa toda, com espuma, fomos para o cursinho comemorar, tirei a clássica foto com o braço pintado e até a cabeça eu raspei. Meus pais e meu irmão estavam muito felizes, até que, pela tarde, o MEC disse no Instagram que os resultados da manhã do dia 30 deveriam ser desconsiderados”, expressou o estudante em entrevista dada ao UOL.


O jovem teria verificado sua aprovação no SISU na manhã do dia 30 de janeiro. Entretanto, já no dia 31, o MEC divulgou uma segunda lista, corrigindo os resultados divulgados previamente.


“Eu estava aprovado, com nota maior do que a nota de corte e, do nada, surgiram duas pessoas com a nota maior do que a minha? Ficamos incrédulos. Como pode, novas notas aparecerem mesmo depois do prazo para as notas serem postas no sistema já terem acabado? Fiquei sem chão”, conta Tiago sobre o momento que soube do equívoco.


Em nota divulgada na última sexta-feira, 2, o MEC afirmou que houve “uma divulgação indevida de resultados provisórios”, criando a abertura para essa confusão.



ความคิดเห็น


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page