top of page

Cão é levado para estado errado e morre após falha em transporte da Gol

Um cachorro de 4 anos morreu após ser embarcado em um voo errado da companhia aérea Gol, nessa segunda-feira (22/4).


O animal, da raça Golden Retriever, se chamava Joca e deveria ter saído do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, com destino ao Aeroporto Municipal de Sinop, no Mato Grosso, no voo 1480.


A companhia aérea, no entanto, embarcou Joca em um voo diferente, para Fortaleza, na capital cearense. O tutor dele, João Fantazzini, só soube do erro ao chegar em Mato Grosso.


Após ser avisado sobre o erro, o tutor decidiu foi voltar para Guarulhos para reencontrar Joca em São Paulo. Em nota ao Metrópoles, a companhia afirma que foi surpreendida pela morte do cachorro quando o avião pousou com ele em Guarulhos.


“A equipe da GOLLOG na capital cearense desembarcou o Joca e se encarregou de cuidar dele até o embarque no voo 1527 de volta para Guarulhos (GRU). Neste período, foram enviados para o tutor registros do Joca sendo acomodado de volta na aeronave.


Infelizmente, logo após o pouso do voo no aeroporto de Guarulhos (GRU), vindo de Fortaleza, fomos surpreendidos pelo falecimento do animal”, diz a nota.Play Video

Nas redes sociais, os tutores de Joca responsabilizam a companhia aérea pela morte. “Eles deixaram o cachorro no sol na pista dentro da caixa. Nosso Joca chegou em SP e deram a notícia que ele estava morto”, disse Giovanna Fantazzini. “Acabou com a nossa família, ele era nossa família! Nada vai trazer o nosso Joca de volta!”.


A família divulgou um vídeo em que o cachorro aparece já sem vida dentro da caixa de transporte no aeroporto.

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page