top of page

Assú é alvo de operação nacional de combate a manipulação no resultado de partidas de futebol



Segunda fase da Operação Jogada Certa, cumpriu 12 mandados de prisão em várias cidades do Brasil. No Rio Grande do Norte, Assú está sendo investigada. O objetivo é desarticular uma organização criminosa voltada para manipulação de resultados em partidas de futebol.


De acordo com a Polícia Federal, equipes policiais foram nas casas de empresários, jogadores de futebol e apostadores envolvidos no esquema. A operação, cuja primeira fase foi deflagrada em outubro de 2022, tinha objetivo investigar fraudes no futebol sergipano, entretanto, a análise do material apreendido acabou revelando um esquema muito maior, de âmbito nacional.


Foram identificados diálogos nos quais empresários (representantes de jogadores), apostadores e dirigentes combinavam manipulação de resultados de partidas de futebol com objetivo de obter ganhos ilícitos em sites de apostas. Estima-se que a organização criminosa movimentou cerca de R$ 11 milhões.


A PF ressaltou que, “até o momento, foram identificadas manipulações em jogos de diversos campeonatos estaduais e nos campeonatos brasileiros das séries D e C. Os investigados responderão por crimes previstos na lei geral do esporte e organização criminosa”.


60 policiais federais cumpriram os 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Aracaju/SE, Araguaína/TO, Assú/RN, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Campina Grande/PB, Fortaleza/CE, Igarassu/PE, Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP e Sumaré/SP.

Comments


BANNER_SAO_JOAO_2024_SITE.png
bottom of page